Quando a esmola é demais, o santo desconfia

Há alguns dias, comecei a receber exemplares do jornal Estado de Minas em minha casa. No início, pensei que o jornal chegaria por uma semana,  para logo depois receber uma ligação da central de atendimento me oferecendo uma assinatura. Na correria do meio de semana, sempre me esquecia de ligar para a central e esclarecer a situação.

No sábado, com mais tempo livre, liguei para o jornal e fiquei sabendo que se trata de uma ação da TIM. Não sei porque, fui um dos contemplados com a assinatura do jornal até o final de setembro. Creio que houve uma falha na logística, pois como não recebi nenhuma informação da TIM encartada no próprio jornal, a ação perdeu toda a surpresa!

Mas como a TIM não é nenhum exemplo de relacionamento com os clientes e o meu contrato com ela já venceu, acho que receberei em breve uma ligação oferecendo vantagens para renová-lo. O problema é que geralmente não existem vantagens reais para os clientes, apenas pequenos “mimos”. Vou aguardar, mas já estou com um pé atrás.

Deixe uma resposta