A Outra vai ao casamento

Notícia publicada hoje no portal Uai:

Faixa de amante ameaça noivo em BH
Recado misterioso chama a atenção de quem passa pela região

Uma faixa nada convencional chama a atenção de motoristas e pedestres que passam pela Avenida do Contorno no Bairro Santa Efigênia, região Leste de Belo Horizonte. O texto ameaçador tem os seguintes dizeres: “Ricardo S.D. Eu vou no seu casamento. ASS: A OUTRA”.

Quem pára em frente à faixa estranha a situação, mas não sabe dar detalhes sobre a responsável pela ameaça nem sobre o noivo. Certo é que o casamento reserva fortes emoções.

A autora da mensagem poderia apenas ser mais cuidadosa com a língua portuguesa e escrever corretamente “Eu vou ao seu casamento”. 

A faixa da Outra

Não sei quem estará mais nervoso no dia do casamento: o noivo, a noiva ou a outra!

3 Responses to “A Outra vai ao casamento”

  1. juliana disse:

    Deparei-me com essa faixa ao chegar ao (e não no) meu serviço. Indignada com a situação acho que a noiva devia colocar uma faixa embaixo com os seguintes dizeres: ” Aproveita que vc vai ao casamento e casa com ele. Ass: a oficial” e mais perdoar o noivo e no dia do casamento não aparecer e mandar um carroo de mensagem com os seguinte recado. Não vai ficar com ela e nem comigo seu trouxa. Ass: a oficial.

  2. Alexandre disse:

    Oi Juliana! Eu fiz um novo post sobre o assunto no “O que se faz” com uma matéria publicada hoje no Uai. Segundo a matéria, a faixa era apenas uma brincadeira de amigos do Ricardo S.D.

    Se é verdade, eu não sei. Posso constatar apenas que os amigos do Ricardo são muito engraçadinhos ou muito prestativos (e o salvaram de uma boa briga!!) rs…

  3. juliana disse:

    Sinceramente,
    isso não é uma brincadeira saudável. Dúvido que seja uma brincadeira. E se eu fosse a noiva ficaria com os olhos bem abertos.
    Aposto que isso aí é verdade e que os amigos saíram na defesa só pra não complicar.
    Se de fato fosse uma brincadeira pra que tirar a faixa? Já dizia o ditado do tempo da minha avó: “quem não deve não teme”.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Foi só uma brincadeira? « O que se faz - [...] O que se faz « A Outra vai ao casamento [...]

Deixe uma resposta