Jardim Botânico, Jardim Japonês, Rosedal e Puerto Madero

Último dia em Buenos Aires e ainda faltavam alguns locais para visitar. Acordamos cedo, tomamos café e pegamos um táxi em direção ao nosso primeiro destino do dia: o Jardim Botânico.

Localizado no bairro de Palermo, o Jardim Botânico foi inaugurado em 1898 e conta com cerca de 6.000 espécies de plantas, além de várias esculturas e fontes.


Encontramos muitos gatos no jardim. Eles ficaram nos seguindo durante toda a nossa visita ao local. Alías, acho que quase todos os gatos de Buenos Aires moram por lá. Como a cidade tem muitos cachorros nas ruas, creio que este é local seguro para eles.




O jardim Botânico é um local bem cuidado, tranquilo e muito agradável para visitar.



Terminamos a nossa visita e fomos em direção ao nosso próximo destino: o Jardim Japonês, também localizado no bairro de Palermo.

O Jardim Japonês, um presente da comunidade japonesa à cidade de Buenos Aires, reproduz um tradicional jardim do Japão.

No grande lago do Jardim encontramos muitas carpas grandes! Bastava nos aproximarmos um pouco das margens do lago e elas já vinham à tona procurando alguma comida.

Por alguns instantes ficamos com receio de que o pato fosse devorado pelas carpas!! Mas, desta vez, ele escapou! A sorte dele é que tem sempre alguém jogando comida para os peixes.

Nos certificamos de que o pato estava bem e continuamos o nosso passeio.









Saímos do Jardim Japonês em direção ao Parque Três de Febrero, também conhecido por aqui como Los Bosques de Palermo, inaugurado em 1876. É também um parque muito bem cuidado, com belos gramados, jacaranadás e um lago. Neste parque está localizado o Rosedal, o nosso próximo destino.

O Rosedal, um jardim especializado em várias espécies de rosas, foi inaugurado em 1914. Estima-se que existem cerca de 12.000 espécies de rosas no jardim, mas só encontramos algumas devido a proximidade do inverno.

Apesar de não encontrarmos muitas rosas, o local é muito bonito e tranquilo para visitar.






Já era a hora do almoço. Saímos do Rosedal e caminhamos em direção a Avenida Del Libertador.


Pegamos um táxi em direção a Puerto Madero, nosso último destino em Buenos Aires.

Puerto Madero foi inaugurado em 1897. Dez anos depois, em função do aumento no tamanho das embarcações, ficou totalmente obsoleto. O governo determinou a construção de um novo porto, que ficou pronto em 1925 e a região de Puerto Madero entrou em rápida decadência. Vários planos foram tentados com a intenção de dar nova vida para a região, mas sem sucesso.

Somente com uma nova intervenção do governo, em 1991, a situação da região mudou. Um concurso nacional de ideías foi lançado e surgiu um novo plano para salvar a região. Puerto Madero foi transformado em zona comercial e recebeu o investimento de cerca de 100 milhões de dólares. Várias ruas foram abertas, parques foram criados, antigos prédios foram reformados e novos foram construídos.

Atualmente Puerto Madero é uma das regiões mais badaladas de Buenos Aires, com várias boates, restaurantes e hotéis de luxo, como o Faena Hotel Universe, projetado pelo famoso designer Philippe Starck. Alan Faena, o dono do hotel, foi um dos responsáveis pela glamorização do bairro e tem inúmeros projetos em execução na região.


Caminhamos um pouco pelo bairro e escolhemos o restaurante Bas Buenos Aires para almoçar.

O local tem um excelente ambiente e mesas com vista para o porto.



Pedimos uma salada para entrada e bife de chorizo como prato principal.


Tomamos um cafezinho para finalizar e continuamos caminhando pelo bairro.



Caminhamos até o final do porto. O frio era tanto (sensação térmica de 11 graus) que até os ossos estavam doendo. Era hora de pararmos para tomar um café.


Ficamos no café durante um bom tempo, conversando e revendo as fotos. Quando saímos já estava anoitecendo em Buenos Aires.

Pegamos o caminho de volta, porém do outro lado do porto. Paramos para conhecer a Fragata Presidente Sarmiento, o primeiro barco escola da Argentina e, atualmente, transformado em museu.





Andamos por mais alguns quarteirões, fizemos as últimas fotos, pegamos um táxi e retornamos ao apartamento. Fim da viagem: agora é arrumar as malas e preparar o nosso retorno a Belo Horizonte.



33 Responses to “Jardim Botânico, Jardim Japonês, Rosedal e Puerto Madero”

  1. Carla disse:

    Meus recantos favoritos!!!!! 😀 Nenhuma visita a Buenos Aires é válida pra mim se não incluir uma boa perambulação pelos Jardins e Bosques de Palermo… Aliás, já está fazendo o maior frio, né? Estou voltando à cidade em julho, assim como fui pela primeira vez, há uns 12 anos ou mais – já vi que vai ser um inverno daqueles…

  2. Alexandre disse:

    Oi Carla! Depois que li o seu texto no “Idas e Vindas” sobre os Jardins e Bosques de Palermo, não poderia deixar de ir até lá, não é?

    Em relaçãoo ao frio, os últimos dias estavam gelados… temperaturas entre 17 e 6 graus durante o dia.

  3. Chris disse:

    Alexandre,

    Estou estudando em Buenos Aires, e apesar de me preparar para a terceira estadia na província, ainda não conheci os bosques em Palermo, acredita.

    Desta vez, quero reservar um domingo só para curtir a tranquilidade e a beleza que parecem cultivar.

    Suas fotos estão maravilhosas… só me inspiraram ainda mais a visitá-los.

  4. Alexandre disse:

    Chris,

    eu acho que os bosques de Palermo estão entre as principais atrações de Buenos Aires!

    Apesar do inverno, me parece ser um ótimo lugar para ir aos domingos! Na primavera deve ser ainda mais lindo, principalmente o Rosedal.

    Obrigado e um abraço!

  5. gislane disse:

    Alexandre,

    Estou neste momento fazendo um roteiro de viagem para minha filha que viajará para Buenos Aires na semana que vem. Tive a sorte de encontrar o seu blog que é muito lindo e está me dando muita ajuda nesta empreitada de ser agente de viagem.
    Eu estive em Buenos Aires pela segunda vez em Abril deste ano e como sempre me encantei com a cidade. Fiquei hospedada na casa de uma amiga em Palermo Viejo o que me facilitou visitar todos aqueles jardins que se encontram no bairro. Como amo flores o Rosedal foi, sem dúvida, a mais bela surpresa. A estação do ano: outono, o que não afetou de maneira alguma a beleza daquele lugar. Suas fotos estão lindas e parabéns para vocês, que estão nas fotos deste blog, por tão bela escolha.
    Um abraço,
    Gislane

    • Alexandre disse:

      Olá Gislane!

      Obrigado pelos elogios. Fico contente por poder ajudar de alguma maneira no roteiro que está elaborando.

      Eu sou apaixonado por Buenos Aires! Os 10 dias que passamos na cidade foram inesquecíveis e pretendemos voltar lá várias vezes. Os parques da região de Palermo são ótimos e o Rosedal é muito lindo. Acho que na primavera o lugar deve dicar maravilhoso!

      Um abraço! Se precisar de alguma informação, fique a vontade para perguntar.

      Alexandre

  6. Gostei muito dessas fotos porque me interessou muito.
    Também porque me deu mais vontade de conhecer o Japão, e saber um pouco mais sobre a cultura deles.
    Se vocês pudessem deixar um comentário no meu blog eu agradeceria muito, porque gente com cultura, é gente inteligente.

    OPS: NÃO PRECISA SER INTELIGENTE PARA TER CULTURA.

    OBRIGADO !!!

    ASS.:Renan Domingos Salvador.

  7. Boa noite!!!

    Estou indo a BsAs em setembro e suas dicas me ajudaram muito.
    Como pretendo aliar o passeio a boas compras, pode me dizer onde compro óculos, relógio, bolsa e perfume com bons preços em Buenos Aires?

    Desde já obrigada!

    • Alexandre disse:

      Cristina, na região do bairro Palermo existem muitas lojas outlets de marcas famosas como Puma, Nike, Adidas, Levi´s, etc. Mas artigos como perfume com bons preços você só vai encontrar no Free Shop.

      Um abraço!

  8. Ana Maura disse:

    estou pretendendo ir a BAs em setembro, mas tenho dúvida quanto ao clima nessa época; o que vc sugere?

    • Alexandre Costa disse:

      Ana Maura, em Setembro você encontrará temperaturas amenas em BsAs. Segundo o registro de média de temperaturas do Weather Channel, as temperatura média para este mês é de 15 graus.

  9. Aline disse:

    Olá!

    Vou a Buenos Aires no começo de abril e queria saber sobre o clima lá nesta época do ano, e também qual seria o melhor bairro para se hospedar (pretendo ficar em hotel), de forma a facilitar a locomoção dentro da cidade, e também garantindo a segurança.

    • Alexandre Costa disse:

      Olá Aline!

      Em Abril você encontrará temperaturas amenas em Buenos Aires. A média é de 18 graus. Para mais informações sobre a média de registros de temperaturas na cidade, visite este link:
      http://br.weather.com/weather/climatology/ARBA0009?dayofyear=91

      Em relação ao melhor bairro para se hospedar, penso que a Recoleta é imbatível para quem ainda não conhece a cidade. Está a meia distância de tudo, além de ser um bairro muito charmosos.

      Um abraço!

  10. Fatima Almeida disse:

    Alexandre, amei as dicas que vc passou. Estou pretendendo ir com um amigo por volta da 3ª semana de Agosto/2011 (nossas ferias), mas sera apenas por 4 dias vc saberia qual a temperatura nessa epoca? Vc recomenda algum show de tango em Puerto Madero? Obrigada e um abraço.

  11. elaine cristina disse:

    Alexadre,

    Adorei as dicas e gostaria de saber a temperatura média em Buenos Aires no mês de outubro ,pois estou indo no dia 22/10/11 e já quero me previnir quanto ao frio.

    Abraço!!

    • Alexandre Costa disse:

      Elaine, em Outubro já estaremos no meio da Primavera e não é tão frio em BsAs. A temperatura média durante o dia é de 23 graus.

      Um abraço!

  12. Mirthes disse:

    Olá Alexandre, parabéns! Suas informações são muitos preciosas e as fotos estão lindas! Estarei indo para Bs As dia 30 de junho e voltando no dia 5 de julho com um amigo,pretendemos ver um jogo do Brasil em La Plata. :)
    Você poderia me indicar um local para jantar em La Plata (pos-jogo)? Qual a distância do Jardin Botânico para o Japonês e daí até o Parque 3 de febrero? Estarei hospedada no Centro, qual foi o valor máximo que você já pagou em um táxi? Obrigada desde já!

    • Alexandre Costa disse:

      Olá Mirthes!

      O Jardim Botânico, Jardim Japonês e Parque 3 de Febrero estão localizados no bairro de Palermo e são bastante próximos. Sugiro começar a visita pelo Jardim Botânico, dá pra seguir a pé até o Jardim Japonês (1 Km) e depois para o Parque, que fica ao lado.

      O táxi mais caro que paguei em BsAs foi cerca de 35 Pesos, no trajeto da Recoleta até La Boca.

      Um abraço!

  13. Mirthes disse:

    Muito obrigada Alexandre,você respondeu tão rápido,que legal!
    Vou pegar um pouquinho no seu pé,tirar mais dúvidas…
    Estou indo no inverno, é verdade que eu não preciso me preocupar muito com casacos já que a maioria dos lugares tem serviço de calefação? Você usaou o tax free?
    Grata!

    • Alexandre Costa disse:

      Mirthes, a maioria dos restaurantes, bares e hotéis tem calefação, mas você vai precisar de casaco para suportar o frio na rua. Em uma das viagens a BsAs, durante o mês de Junho, a temperatura chegou a 5 graus durante a noite. Isso sem contar com o vento, que contribui para a sensação térmica.

      Eu usei o tax free sim. Chegue um pouco mais cedo ao aeroporto na hora de voltar ao Brasil. Você precisará preencher um formulário, enfrentar uma fila, enfim, demora um pouco para resolver isso. No link abaixo tem boas informações sobre o tax free:
      http://myvillacrespo.com/2011/02/o-tal-do-tax-free/

      Um abraço!

  14. Eliane disse:

    Olá, Alexandre!

    Parabéns pelas dicas. Irei com minha família para apreciar essa maravilha que você descreveu muito bem. Entre as pessoas da família estão duas crianças e adultos. Qual a sua sugestão de roteiro para o turismo durante três dias nesse maravilhoso lugar? Agradeço a atenção.

  15. Ola Alexandre…meu esposo esta indo para Buenos Aires no dia 17 para iniaciar um mestrado la, estarei indo para passar um fim de semana com ele, ele pretende ficar no bairro de Recoleta,e queri ficar num local onde ele possa alugar por 15 dias, ele ja olhou alguns lugares mais ainda nao conseguiu fechar nada. Teria alguma dica? é nossa primeira vez la kkkk, estamos perdidos…
    Se puder indicar locais para se fazer compras de roupas de frio,perfumes…obrigada

    • Alexandre Costa disse:

      Oi Daiane!

      Para alugar aptos na Recoleta recomendo a empresa Byt Argentina (www.bytargentina.com). Nas duas vezes em que estive em BsAs usei os serviços deles e não tive problemas. Basta entrar no site e fazer um filtro na pesquisa por bairro, número de pessoas ou quartos, etc.

      Em relação a compras, não sou a pessoa mais indicada para dar dicas. Mas creio que perfume com preço mais em conta só no free-shop mesmo.

      Um abraço!

  16. Obrigada por responder, irei verificar isso. Uma duvida, nestes apartamentos que vcs alugam é preciso levar roupas de cama, cobertores ou eles nos oferecem isso.
    Adorei seu blog, ele nos auxilia muito.
    Obrigada e parabens.

  17. Roberta disse:

    Olá,

    Gostaria de saber se o restaurante Bas Buenos Aires é muito caro?

    Outra coisa … essa casadinha de passeios que você fez significa que os bairros são próximos?

    Você tem alguma sugestão de outlet?

    Adorei as dicas! :)

    Roberta

    • Alexandre Costa disse:

      Olá Roberta! BsAs já foi mais barata, mas ainda é uma cidade cujo custo dos restaurantes é mais barato que a maioria das grandes cidades brasileiras. Muitos restaurantes da cidade optam por menus fixos com entrada, prato principal e sobremesa (bebidas não incluídas) com valores bastante em conta. Estive em BsAs novamente no ano passado e almocei no Social Paraiso, que também fica no bairo de Palermo, e achei que a relação custo x benefício foi excelente! Mas o que determina mesmo se é caro ou barato é o seu bolso, né?

      O Rosedal, Jardim Botânico e Jardim Japonês ficam próximos, no bairro Palermo. Mas o Puerto Madero está no outro extremo da cidade. Só fizemos este trajeto porque era o último dia de viagem e tinhámos bastante interesse em conhecer todos os locais.

      Um abraço!

  18. Regina disse:

    Oi gente!
    Estou indo para BA no finalzinho de Abril e gostaria de saber por volta de que horas escurece nessa época 😀
    Alguém sabe?

    Como tbm estou fazendo meu roteiro, gostaria de saber quanto tempo reservar para fazer um passeio nesses jardins!

    Obrigada!

    • Alexandre Costa disse:

      Oi Regina! Segundo o site do Weather Channel (http://br.weather.com/weather/climatology/ARBA0009?dayofyear=92) o pôr do sol ocorre por volta das 18h30 nesta época do ano.

      A questão do tempo é muito pessoal. Se você gosta de passear com calma, observando os detalhes de cada local, não seria exagero destinar a manhã e um parte da tarde para ir ao Jardim Botânico, Rosedal e Jardim Japonês. Mas é possível ver tudo em apenas algumas horas.

      Um abraço!

  19. Rodrigo disse:

    Boa tarde:

    Legal o blog!
    O descobri por uma bacana imagem de um gato…
    E este teria a ver com um JB da ARGENTINA_estive no país há muito tempo (final de 1990) – e recordo da viagem; até um parente meu era diplomata lá_fomos visitar este.
    Jardins Botânicos são coisas interessantes mesmo; todas as cidades deveriam possuir algum – mesmo que PEQUENOS PARQUES/ÁREAS VERDES.
    Residi num bairro famoso do RJ_onde nasci, o JARDIM BOTÂNICO. As ruas em volta são bonitas: além de outros bairros próximos inclusive.
    Resido há tempos na capital gaúcha_e aqui também tem praças/parques. Sem falar no JB que é até famoso_está em meus planos conhecer.
    Vi que és de BH, tenho parentes aí: familia ORSINI e GUATIMOSIM; residem por diferentes Estados (SP/RJ/MG) – uma pessoa é casada com um tio meu e reside no bairro HUMAITÁ (até perto do JB da cidade).
    Ah, uma coisa que destaco em BUENOS AIRES seria o CAMINITO/LA BOCA: diria que até um ambiente ÚNICO.

    Até,
    Rodrigo

Trackbacks/Pingbacks

  1. Buenos Aires - Pontos turísticos indispensáveis - Parte 1 | Exploradores Urbanos - [...] Pela grade do parque, pudemos ver as girafas e outros animais pequenos. Ao lado do Zoo está o Jardim…

Deixe uma resposta