As minhas igrejas preferidas de Roma

Roma é uma cidade emblemática na história do Cristianismo. É impossível caminhar por suas ruas sem se deparar com algumas das mais belas igrejas do mundo. Os afrescos, pinturas e esculturas destas igrejas foram criados por alguns dos mais importantes artistas da História com o intuito de representar passagens bíblicas e fortalecer a fé dos cristãos. E o melhor de tudo é que você pode apreciar estas obras de arte sem pagar um Euro por isso!

A Igreja de San Francesco de Ripa fica na região do Trastevere. Foi construída no lugar da hospedaria onde São Francisco de Assis ficou quando visitou Roma em 1219. A igreja original foi totalmente reformada no século XV. A igreja possui um teto ricamente ornamento, além de belíssimos vitrais. O teto do altar foi pintado a ouro e tem as imagens de Jesus Cristo, a Virgem Maria e os apóstolos.

San Francesco a Ripa

Mas a grande atração desta igreja é a escultura da Beata Ludovica Albertoni. Criada por Bernini em 1624, representa a beata em um estado de êxtase religioso que beira escandalosamente o sexual.

Escultura da Beata Ludovica Albertoni, de Bernini.

Uma das mais antigas igrejas romanas, a Santa Maria del Popolo está localizada na famosa Piazza del Popolo. Diz a lenda que a igreja foi construída no local onde foi enterrado o odiado Imperador Nero. Em 1099, para acabar com os rumores de que o local era assombrado, o Papa Pascoal II ordenou a edificação de uma capela dedicada a Virgem Maria. E em 1227 o Papa Gregório IX mandou substituir a capela pela atual igreja dedicada ao povo.

Santa Maria del Popolo

Esta igreja, embora seja uma das mais simples que conhecemos, possui alguns tesouros guardados. Entre eles estão dois célebres quadros de Caravaggio: a Crucificação de São Pedro e a Conversão de São Paulo.

Santa Maria del Popolo

Outra bela obra nesta igreja é a Capela Chigi, que foi iniciado por Rafael Sanzio e terminada por Bernini após 130 anos do início da construção.

Capela Chigi

A igreja de Santo Ignacio di Loyola foi uma grata surpresa nesta viagem. Ela não estava no nosso roteiro original, mas bastou uma olhada em sua fachada para mudarmos de idéia. E valeu a pena!

Santo Ignazio di Loyola

Construída no século XV, esta igreja possui um impressionante conjunto de pinturas, afrescos e esculturas.

Igreja de Santo Ignazio di Loyola

Mas o que mais chama a atenção nesta igreja é o seu teto. Como não havia a possibilidade da construção de um domo, coube ao artista Andrea Pozzo criar um ilusão de ótica. Ao olhar de um determinado ponto da nave, se tem a sensação de que o teto da igreja se abre para um céu cheio de nuvens, anjos e santos. Pelo nível de detalhamento e o efeito obtido, para mim, esta pintura se equipara ao teto da Capela Sistina.

Igreja de Santo Ignazio di Loyola

Construída sobre um templo dedicado à deusa Minerva, a igreja de Santa Maria Sopra Minerva tem uma fachada extremamente simples, mas com um belo interior.

Santa Maria Sopra Minerva

Única igreja de estilo gótico de Roma, abriga os sepulcros dos Papas Leão X e Clemente VII, além de Catarina de Siena, santa muito popular na Itália. Sua bela abóbada está pintada predominantemente na cor azul, com detalhes em vermelho e amarelo, e repleta de imagens de santos e mártires.

Santa Maria Sopra Minerva

O maior tesouro desta igreja é uma obra de Michelangelo: A Ressureição de Cristo. Trata-se de uma representação incomum de Cristo inteiramente nu, sem feridas e musculoso. A imagem escandalosamente nua de Cristo gerou tantos protestos que as autoridades da igreja tiveram que acrescentar uma tira drapeada de bronze para cobrir partes da escultura.

Santa Maria Sopra Minerva

A igreja de Santa Maria Maggiore, uma das maiores basílicas de Roma, foi fundada no século V. Ao longo dos anos recebeu diversos nomes até ser designada pelo atual, Santa Maria Maior em português, pois trata-se da maior igreja dedicada à Virgem Maria na Cidade Eterna.

Ao chegar nesta igreja, fiquei intrigado com o seu visual incomum, embora imponente.

Santa Maria Maggiore

Alguns metros adiante, descobri que havíamos chegado pela praça que dá acesso aos fundos do edifício. A fachada frontal é tão bela e tradicional quanto outras igrejas de Roma.

Santa Maria Maggiore

O interior da igreja preserva o padrão romano de construções do século V, com um nave larga e alta, várias colunas de mármore, e um teto semicircular na extremidade sobre o altar.

Santa Maria Maggiore

O mosaico do altar, todo pintado a ouro, representa a coroação da Virgem Maria. Nas laterais da igreja estão dispostas  diversas capelas. Um relíquia exibida aqui são alguns pedaços da cruz de Cristo, abrigados em um relicário do século XIV.

Santa Maria Maggiore

A igreja de San Pietro In Vincoli, fundada no século IV, não está entre as mais famosas e procuradas de Roma. A sua fachada simples sequer parece pertencer a um templo religioso. Mas eu tinha um interesse especial nesta igreja.

San Pietro In Vincoli

Embora boa parte da construção original esteja mantida, o prédio passou por diversas reformas ao longo dos séculos. A igreja abriga uma relíquia católica: as correntes que supostamente prendiam São Pedro na prisão.

San Pietro in Vincoli

Mas o motivo do meu interesse nesta igreja é uma belíssima obra de Michelangelo, destinada a ornamentar o túmulo do Papa Júlio II: a estátua de Moisés, que ocupa a parte central do túmulo. Diz a lenda que, após terminá-la, Michelangelo passou por um momento de alucinação diante da grande beleza desta obra. Então ele bateu com um martelo na estátua e começou a gritar: Porque não falas? (se Hugo Chávez estivesse presente neste momento, creio que a frase de Michelangelo seria outra)

San Pietro in Vincoli - Moisés, de Michelangelo

De fato, a perfeição da estátua é impressionante! Tive a sensação que, a qualquer momento, Moisés se levantaria da sua cadeira e sairia caminhando pela igreja para dar uma volta. E estranhamente, Michelangelo fez o seu Moisés com um par de chifres!

San Pietro in Vincoli - Moisés, de Michelangelo

Roma possui mais de 100 igrejas. Infelizmente só conheci algumas, mas estas são as minhas preferidas.

36 Responses to “As minhas igrejas preferidas de Roma”

  1. Felipe disse:

    Parabéns pelas imagens, Alexandre.
    São belas. É muito interessante conhecer o mundo através dos seus olhos e da lente da sua maquina fotográfica.

  2. Leandro disse:

    Se você quiser escrever um post também sobre as igrejas que você não gostou, estamos aí para ler, viu?
    A série tá ótima!

  3. marcio disse:

    Se tem uma coisa difícil é escolher qual melhor e mais bonita igreja na Itália. São muitas…..

    Bacana o post!! Abs!

    • Alexandre disse:

      Oi Marcio!

      Roma tem mesmo igrejas belíssimas. Na hora de escolher as minhas preferidas pra colocar no post foi uma dificuldade! Mas não dava pra colocar 10, né? O post ficaria imenso e cansativo. Escolhi aquelas que, de alguma forma, me trouxeram uma emoção diferente, um suspiro, um “Ohhhhh”, uma dor no pescoço de tanto apreciar as pinturas do teto.

      Ah, os próximos posts são de Amsterdam. Fiquei apenas 3 dias (considerando ainda dia de chegada e partida), mas fiz questão de conhecer a cidade nesta viagem. E peguei muitas dicas no A Janela Laranja!

      Obrigado pelo elogio! Um abraço!

  4. Mel disse:

    Desculpe, mas não achei outro local para postar esse assunto.

    Vi que seu excelente blog está no Blogroll do Blog Aquela Passagem e então resolvi solicitar que dê sua opinião sobre esse post:

    http://www.aquelapassagem.com.br/lobo-em-pele-de-cordeiro-sobe-na-vida-apoiando-se-sobre-o-trabalho-dos-outros-e-fazendo-se-passar-por-expert-do-que-nao-consome-ou-domina-profundamente/

    Não sou dona de blog, mas se eu tivesse no lugar do Rodrigo, eu realmente também estaria muito chateada. Plágio existe, mas tem limite. Estou tentando ajudá-lo, pois por muitas vezes fui ajudada com suas ótimas dicas. Agora não posso deixar que um blog desse nível deixe de existir por falta de ajuda dos seus leitores.

    Se vc puder, por favor, se posicione e vamos levar essa matéria adiante!

    Obrigada.

    • Mel disse:

      Alexandre,

      Muito obrigada pelo apoio. Tenho certeza que esse apoio é essencial para a continuidade do belo trabalho que vcs prestam aos amantes de viagens!

      Obrigada!

  5. Alessandro A. disse:

    Alexandre,

    Esse post ficou fantástico! É realmente impressionante a quantidade de igrejas bonitas em Roma e suas fotos ficaram muito boas. Eu só conheço algumas das que você citou, mas já estou com vontade de voltar para conhecer todas! Já estão na minha lista.

    Abraços!

    • Alexandre Costa disse:

      Valeu, Alessandro!

      Foi até difícil eleger as minhas igrejas preferidas. Dizem que Roma tem mais de 100 igrejas! Conhecer mais algumas é um bom motivo pra voltar lá!

      Um abraço!

  6. Carol Wieser disse:

    Alexandre!

    Belo post, belas imagens e belíssimo blog! Valeu por ter me adicionado lá no twitter (@travelforever) assim pude conhecer um pouco do seu trabalho!
    Parabéns!

    • Alexandre Costa disse:

      Oi Carol! Obrigado pelos elogios!

      Fui dar uma olhadinha lá no Travel Forever! e fiquei encantado com seu blog! Já está na minha lista de blogs que indico aqui no O que se faz!

      Um abraço!

  7. leandro disse:

    Eu queria saber porque as pessoas fazem a pintura afrsco

  8. Celso Coimbra disse:

    Que saudade de Roma! Morei lá durante 4 anos e conheci muitas igrejas, incluindo as que você citou. Realmente são muito bonitas!

    Um grande abraço!

  9. Daniel Augusto disse:

    Lindas fotos!

  10. Cassia disse:

    Roma é uma cidade muito bonita. As igrejas são de cair o queixo. A que eu mais gostei foi a Santa Maria Maggiore.

    • Alexandre Costa disse:

      Cassia, eu não consigo me decidir qual é a minha igreja preferida em Roma. Mas concordo que Santa Maria Maggiore e belíssima!

      Um abraço!

  11. Walter Martins disse:

    Ainda não conheço Roma, mas depois de ler este texto e ver as imagens fiquei com muita vontade de ir até lá. Gostei do modo como você aborda os assuntos, parabéns!

    • Alexandre Costa disse:

      Obrigado, Walter! Roma é uma cidade muito bonita e as atrações não se limitam às igrejas. Eu pretendo retornar a Cidade Eterna em breve.

      Um abraço!

  12. Ana Luisa disse:

    Todas essas igrejas são belíssimas, mas senti falta da Basílica de São Pedro na lista. Ela é maravilhosa!

  13. Patricia disse:

    otima seleçao de igrejas e imagens! so no centro de roma existem bem mais de 100 igrejas: sao mais ou menos 230! a proxima vez que vier nao perca san paolo fuori le mura! um abraço, patricia

  14. Carmem disse:

    Alexandre, seu post nos ajudou muito nos passeios pelas igrejas de Roma.
    Fiz um agradecimento à ajuda generosa dos blogueiros lá no meu blog. Passa lá! http://deunstempospraca.blogspot.com.br/2012/03/pedindo-ajuda-aos-univers-ops.html

  15. Helo disse:

    Fantásticas,parabéns

  16. vynicio@hotmail.com disse:

    e incantadora e linda ate de mas…..

  17. Otavio disse:

    A primeira igreja não seria Santa Maria in Trastevere,a primeira igreja do mundo dedicada a Virgem Maria???? Acho que há um engano nas fotos.Eu fui a Roma e entrei nessa Igreja…..a fachada é igual….não é San Francesco de Ripa….é Santa Maria in Trastevere

  18. Tatiane Gallo disse:

    Ótimas dicas.
    Você sabe se as igrejas são abertas aos domingos a tarde? Vou p/ Roma em Junho/13 e chegarei a tarde e gostaria de conhecer algumas igrejas.

    Obrigada

    • Alexandre Costa disse:

      Oi Tatiane! Infelizmente não tenho essa informação. Mas visitei algumas das igrejas em dias e horários diferentes e não encontrei nenhuma fechada.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Blogagem Coletiva: Meus 7 Links : O que se faz - [...] um post recebe muitos comentários e ganha repercussão eu fico até surpreso. Foi o caso do post As minhas…

Deixe uma resposta