A Dama de Ferro de Paris

Anoitece em Paris. Depois de 3h20 de viagem desde Amsterdam, desembarcamos na Gare du Nord, a estação de trem mais movimentada da Europa. Após um rápido contato com o eficiente metrô parisiense, chegamos ao Raspail Montparnasse, um hotel três estrelas localizado próximo ao Jardim de Luxemburgo. Ao entrar no nosso quarto, abri a janela para apreciar a vista e tive uma grata surpresa: era possível ver o topo iluminado da Torre Eiffel! Com certeza aquele não era o melhor ponto de observação da Torre na cidade, mas funcionou para mim como um belo cartão de visita!

Torre Eiffel

Vista de Paris do quarto do hotel. Ao fundo, a Torre Eiffel.

Na manhã seguinte, decididos a ver a Torre de perto, pegamos o metrô em direção ao Champs de Mars. Seguindo uma dica repetida por várias pessoas que já conheciam a Cidade Luz, desembarcamos na Estação Trocadéro, local que possui a melhor posição para avistar a Torre Eiffel pela primeira vez. E, de fato, a visão é realmente arrebatadora!

A Torre Eiffel vista do Trocadéro

A Torre Eiffel vista do Trocadéro

As enormes filas na base da Torre nos fizeram recordar de uma outra dica recebida, mas infelizmente não acatada: é possível comprar os ingressos com antecedência pela internet. A espera na fila até foi benéfica, pois o vento levou para longe as pesadas nuves que cobriam o céu e me permitiu ler o guia de viagem para relembrar que a Torre Eiffel foi inaugurada em 1889, servindo como o arco de entrada da Exposição Universal realizada naquele ano. Se naquela época a obra do engenheiro Gustave Eiffel não foi unanimidade entre os locais, considerada por muitos como uma inútil e monstruosa estrutura metálica, atualmente é um ícone nacional e recebeu dos franceses o carinhoso apelido de A Dama de Ferro.

Compre seu ingresso antecipadamente e poupe o seu precioso tempo

Compre seu ingresso antecipadamente e poupe o seu precioso tempo

Após 45 minutos finalmente embarcamos no elevador hidráulico rumo ao primeiro nível. A 57 metros do solo, esse nível possui um restaurante, o The 58 Tour Eiffel, um pequeno museu e uma lojinha com caros souvenirs. Encaramos outra conturbada fila para acesso ao elevador que nos levou ao segundo nível, a 115 metros de altura, onde está localizado o restaurante Jules Verne, um dos melhores de Paris, com visão panorâmica. Para quem deseja evitar as filas e não se importa em fazer um forte exercício físico, é possível chegar ao segundo nível por meio de uma escada com 704 degraus. Após uma pausa para apreciar a vista, passamos novamente por outra fila até chegarmos ao último andar da Torre. E o que vimos de lá fez valer a pena todo o tempo de espera!

Vista de Paris do alto da Torre Eiffel

Vista de Paris do alto da Torre Eiffel

Os 276 metros de altura do terceiro nível permitem uma visão panorâmica espetacular de Paris. Dizem que em dias claros a vista alcança até 80 Km de distância. Com atenção e ajuda de um mapa é possível identificar a maioria dos monumentos e atrações turísticas da cidade.

Paris vista da Torre Eiffel

Paris vista da Torre Eiffel

2 Responses to “A Dama de Ferro de Paris”

  1. Acho que todos que vão a Paris a primeira vez ficam com a expectativa de visualizar a Torre, e está primeira visão é a que nos marca eternamente.
    Ah Paris.

    Abraço!!!

    • Alexandre Costa disse:

      Pois é, Gustavo! É impossível pensar em Paris sem lembrar da Torre Eiffel. Esse foi o meu primeiro de muitos contatos com a Torre durante a viagem, mas sempre é emocionante!

      Obrigado pelo comentário! Um abraço!

Deixe uma resposta