Três motivos para amar o Museu d’Orsay

A frase “um museu em Paris” quase sempre faz referência ao Louvre. É natural pensar assim, afinal ele possui uma das coleções mais importantes do mundo e habita o imaginário das pessoas com a sua internacional fama. Mas o meu museu preferido em Paris é sem dúvida o d’Orsay e tenho três bons motivos para isso.

orsay1

Motivo número 1: o prédio onde o museu está instalado é lindo! Geralmente as instalações dos museus são sisudas, sóbrias e às vezes até monótonas. Mas o d’Orsay ocupa uma antiga estação ferroviária inaugurada em 1898, perdeu a utilidade ao longo dos anos, chegou a ser um centro dos Correios durante a Segunda Guerra Mundial, até ser desativada em 1973. No final da década de 70 o governo francês decidiu transformar o espaço em um museu, sendo inaugurado em 1986.

Além da belíssima fachada, a arquitetura do prédio possibilita a entrada abundante de luz natural e um amplo espaço interno. Eu diria que o d’Orsay se parece mais com uma galeria de arte!

orsay2

orsay3

 

Motivo número 2: as galerias dedicadas a Van Gogh e aos Impressionistas. Na minha opinião, se houvesse uma galeria com obras de Caravaggio, a combinação seria perfeita por agrupar todos os meus artistas preferidos! :-)

A coleção de Van Gogh não é tão extensa quanto a do museu dedicado ao artista holandês em Amsterdam. Mas algumas obras importantes estão presentes, como uma das versões do Retrato do Doutor Gachet e vários autoretratos.

orsay4

Mas a galeria dos Impressionistas é, sem medo de ser redundante, impressionante! A coleção possui obras de Manet, o pai do movimento impressionista, Monet, o mestre do impressionismo, além de outros artistas que participaram do movimento, como Cézanne e Degas.

orsay5

orsay6

Motivo número 3: o d’Orsay é um museu sem multidões. Esqueça as filas gigantescas, gente se empurrando para ver as obras ou se comportando como se estivesse em um parque de diversões. É possível caminhar com tranquilidade pelos corredores e galerias, ficar admirando as obras favoritas tranquilamente e até perder a noção do tempo! E a dica pra fechar a visita com chave de ouro é uma passadinha no Café Campana, situado atrás de um dos imensos relógios do prédio, e que tem um vista linda de Paris.

orsay7

4 Responses to “Três motivos para amar o Museu d’Orsay”

  1. Boia Paulista disse:

    Oi, Alê. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  2. candida silva disse:

    Além desses 3 motivos, eu incluiria mais um. Tem um salão de chá, acho que no último andar, com uma bela vista para o Sena, ende podemos descansar e bebericar alguma coisa.

  3. Flora disse:

    Este museu está na minha lista faz tempo. Lindo post.

Deixe uma resposta